sábado, 29 de março de 2008

Céu.


O céu é um lugar onde vamos encontrar tão somente as pessoas que amamos. Portanto, quanto mais amarmos, maior será nosso céu. Se não tivermos a capacidade de amar, nunca haverá um céu para nós.

Deus é amor. Ele nos fez por seu amor e para que nós pudéssemos nos relacionar em amor. O céu é possível agora. Se amarmos nossa família, nossos amigos já teremos um céu e a cada nova afeição nosso céu se expandirá.

Não sei se os religiosos percebem que realmente Deus está entre nós como diz estar, mas eu sei que ele está. A salvação é um ato de amor. Amor pela humanidade, pela Terra e pelo ethos, pois onde viveria o homem se não em um lugar esplendoroso como a Terra?!Talvez essa seja a razão de Jesus ter afirmado que os mansos são os legítimos herdeiros da terra.

A felicidade humana se dá na terra(húmus), onde os humildes reconhecem o Reino dos Céus. Falando sobre o céu, C.S. Lewis afirma: "O céu está, por definição, inteiramente fora da nossa experiência, mas toda descrição inteligível precisa utilizar elementos de nossa experiência. A descrição que as Escrituras dão-nos do céu é, por conseguinte, tão simbólica como a que o nosso desejo pode criar por si só..." (Peso de Glória, p.16)

Feliz, feliz mesmo é quem amou ao ponto de ter quem lhe enxugue as lágrimas e lhe traga consolo. Feliz é o que fica indignado com a falta de amor que nos leva a cometer tantas injustiças...Feliz, feliz mesmo é quem não aceita a indiferença, mas prefere a compaixão. É quem tem o coração bem aberto para o bem, pois seus olhos já contemplam o Deus de amor. Felizes são os promotores da paz. Eles sentarão no colo do Pai de amor.

Saibam todos que o Reino já está aberto para os injustiçados, incompreendidos por erguerem a bandeira com a efígie do cordeiro. Veja, Jesus está de pé!Alegre-se! Alegre-se pelas pedras que te são lançadas. Alegre-se peregrino do caminho, vamos construir um céu cheio de gente feliz, cheio de amigos, cheio de gente que amamos!

Quantas pessoas já estão em seu céu?Apenas aqueles que amamos estarão conosco. Se não amarmos, teremos uma eternidade de solidão, pois o que construímos agora através do amor se eternizará. Se nada construirmos em amor, solitários seremos.”Amai uns aos outros”.

Um comentário:

WedLa DiLkinha disse...

"Feliz, feliz mesmo é quem não aceita a indiferença, mas prefere a compaixão. É quem tem o coração bem aberto para o bem, pois seus olhos já contemplam o Deus de amor. Felizes são os promotores da paz. Eles sentarão no colo do Pai de amor."


Isso me lembrou algo que aprendi com você, em uma de suas primeiras pregações. Devemos fazer o bem, independente de qualquer coisa e não podemos nos cansar, independente do que aconteça.

Aprendi também com o Pr. Paulinho que devemos amar de graça, não importando se o outro retribui o amor. Amar por amar.

Um beijo no coração!